Custom Bg

Pouco se sabe sobre o fato concreto e precoce das origens da dança irlandesa, que se desenvolveu ao longo de centenas de anos para as diferentes formas de dança que temos hoje no mundo.

Por volta do século III a.C. uma tribo Celta chamada de Gaels, espalhados em toda a Europa Ocidental, acabaram por se estabelecerem fortemente na Irlanda formando assim pequenos reinos.

Quando os celtas chegaram à Irlanda vindo da Europa Central, em torno de 2000 anos atrás, eles trouxeram suas próprias danças folclóricas. Em torno do ano 400 d.C. pós a conversão ao Cristianismo, os novos pregadores usavam o estilo pagão de ornamentação para iluminar seus manuscritos, enquanto os camponeses mantiveram a mesmas características em sua música e dança.

Durante este tempo continuou dançando como uma atividade essencialmente social, embora haja uma série de teorias relacionadas com a postura do irlandês distintivo dançando onde as armas são detidas pela lateral. Uma teoria é que a dança era considerada vulgar por padres e que se estivessem o tempo parado com as armas eram considerados mais reservados. Outra teoria é que os bailarinos ao dançarem rígidos simbolizavam os exércitos que assim defendiam sua cultura dos “colonizadores”.

Durante meados do século XVI (16), as danças estavam presentes nos grandes bailes nos castelos recém construídos. Algumas danças foram adaptadas por invasores ingleses e levadas à corte da Rainha Elizabeth. Uma delas foi a Trenchmore, que era uma adaptação de uma velha dança camponesa.

Em meados do século XVIII com a Revolução Industrial a mão de obra começou a ser substituida, em partes, por maquinários que não tinham um nivel de segurança para os trabalhadores que as operavam. Eles, por sua vez, usavam de alguns artifícios artesanais para se protegerem, como as roupas e o solado de madeira nos sapatos. E através desdes sapatos com solado de madeira, e através de brincadeiras durantes os intervalos da produção foi que surgiu os “Dancer Masters”.

Em 1929 a “Irish Dancing Commission” foi formada para formalizar ensino, avaliação e da estrutura da dança irlandesa.

Em 1994 o mundo foi tomado por uma tempestade que surgiu em Dublin, e introduziu um novo termo no mundo – o Riverdance. Surgindo assim uma forma de dança emocionante e vibrante.

Hoje a Dança Irlandesa é uma das ascendentes modalidades da pratica da dança que, ao mesmo tempo que possui um vertente show, o seu lado tradicional e sua regras são o que embelezam e mantêm a Cultura Irlandesa viva.

Horários:

Intermediário = 2º Feira das 16:30h às 17:30h – Prof. Larissa

Iniciante = 3º feira das 15h às 16h – Prof. Larissa